Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

17 março 2011

O Domínio da Natureza

Fernandes



«A natureza está à espera, lá fora, mas mantém exactamente a mesma força: recuou, é certo, mas não está sequer prisioneira. Está num outro sítio, num outro ponto da batalha, e afia as lâminas; não reza, não suplica, não pede piedade.
Não reza, afia as lâminas.»

Gonçalo M. Tavares, Aprender a Rezar na Era da Técnica

1 comentário:

JoZe disse...

Excelente imagem! Obrigado por no-la apresentar...