Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

27 janeiro 2012

Qual o livro mais maldito?

O blogue da Livraria Pó dos Livros iniciou uma votação para eleger o livro mais maldito. Há dez candidatos, que vão desde o Mein Kampf, à Bíblia, passando pela Autobiografia Política de Cavaco Silva.

6 comentários:

Ângelo Marques disse...

um bom post (neste caso votação) eu já fiz a minha escolha ;)

Bartolomeu disse...

A autobiografia política de Cavaco, não é certamente...
Quanto muito, a autobiografia, pode ser um tratado para a canonização e uma auto-declaração de miséria...

Cristina Torrão disse...

Um novo São Francisco de Assis?

André Nuno disse...

Cristina,
já fiz a minha escolha.
Votei em duas "obras" com o mesmo tema central. O critério foi o número de mortes que se provocaram em nome do que cada uma defende...
Cumps.

Joao Raposo disse...

Também já votei, mas confesso que apenas vi um merecedor do "mais maldito" pelo apelo implicito e explicito.
A autobiografia é estar a valorizar algo que não me parece valer a pena.

Paula disse...

Também já votei Cristina :)