Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

08 dezembro 2012

Pilhas

Nuno Borges Carvalho e Alírio Boaventura, investigadores da Universidade de Aveiro, sonham com um futuro sem pilhas. Para isso, criaram um sistema que converte ondas de rádio em energia elétrica. Uma comunicação daquela Universidade lembra-nos que «só em Portugal os telespectadores gastam anualmente cerca de 3 a 4 milhões de pilhas para mudarem de canal sentados no sofá». E todos sabemos que as pilhas são altamente poluentes.

Congratulo-me com notícias destas. Dou os parabéns aos investigadores e desejo-lhes muito sucesso! Embora receie que, no nosso mundo globalizado, o dinheiro torne a falar mais alto do que a proteção do meio-ambiente.

Sem comentários: