Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

28 maio 2013

Cristo e as Mulheres Desaparecidas (5)



Febe de Cêncreas



«Recomendo-vos a nossa irmã Febe que está ao serviço da igreja de Cêncreas. Recebam-na bem em nome do Senhor, como se deve fazer entre os crentes e ajudem-na em tudo aquilo de que ela precisar, pois também ela ajudou a muitos e até a mim próprio» (Rm 16:1,2).

Febe aparece, nesta tradução da Bíblia, «ao serviço da igreja de Cêncreas», sem um título especial. Noutras, no entanto, surge como «diaconisa», pois, na verdade, liderava a comunidade de Cêncreas.

Febe foi, além disso, a portadora da importante Carta aos Romanos, da autoria de São Paulo. A viagem de Corinto a Roma, na altura, demorava semanas e não era destituída de perigo. Paulo escolheu uma mulher para esta importante missão, pelo que se deduz que teria grande confiança nela. Os portadores de tais cartas possuíam, igualmente, uma missão teológica, já que não se limitavam a entregar as missivas, eram também responsáveis pela sua interpretação.

À luz destes conhecimentos, Febe seria uma verdadeira líder religiosa, como se pode ler na Wikipedia em inglês:

A notable woman whose leadership of the church of Cenchreae has been deemphasized (…) In writing to the church that almost surely met in her home, Paul refers to her both as a deacon (Gk. diakonon masc.) and as a leader of many (Gk. prostatis). This is the only place in the New Testament where a woman is specifically referred to with these two distinctions.
That she was a deacon (not a deaconess nor the wife of a deacon as some have suggested) is suggested by the following translations of the New Testament: The New Living Translation, New Revised Standard Version, Today's New International Version, and the Darby Bible.

Nota: os posts desta série são baseados num documentário da ZDF.




Sem comentários: