Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

26 novembro 2014

Os Segredos de Jacinta - Excertos (1)

- É o que eu digo: Deus comunica com esta criança inocente, de olhos mais cristalinos do que as águas dos ribeiros no estio.
A mãe Adosinda benzia-se, expirando ais, como se tanta devoção lhe pesasse sobre o peito. Por sua vez, o pai e os dois irmãos, quando o mais velho ainda era vivo, olhavam com desconfiança para a moça, como os homens olham para as mulheres que dizem coisas que eles não entendem.
A partir dos dez anos, Joana começou a dar conselhos ao povo que se juntava nas romarias e nas feiras. Não fosse a proteção do pároco Sindila, muitos haveriam de dizer que só poderia ser bruxedo, obra do chifrudo! Com treze anos, foi-lhe atribuído um milagre, ao pressentir um acidente com uma criança, impedindo-a de morrer afogada no rio Arda.
O pároco Sindila não havia mister de mais provas. Empenhou-se de alma e coração na realização do sonho da moça: tornar-se noiva de Cristo.
A profissão de Joana elevou ainda mais o prestígio da família, garantindo a salvação de todos os seus membros, como Adosinda, por entre ais e benzeduras, não se cansava de repetir.

3 comentários:

Bartolomeu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bartolomeu disse...

Um excelente romance, não me canso de referir e enaltecer!
A escritora, criou uma obra alquímica em cujo cadinho se juntam harmoniosamente os elementos fundamentais que constituem a vida real das gentes de outras eras, tão igual à dos nossos dias.
Uma obra que aconselho vivamente!

Cristina Torrão disse...

Muito obrigada, Bartolomeu :)
Abraço.