Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

29 dezembro 2014

A Citação da Semana (41)

«Para compreenderes o coração e o raciocínio de uma pessoa, não olhes para aquilo que ela alcançou, mas para aquilo que ela cobiça».

Khalil Gibran


2 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Cristinamiga

"Podes contar os teus segredos ao vento, mas depois não o culpes por contar tudo às árvores"

Para mim, que não sou nada, este é um dos melhores pensamentos de Gibran. Só não digo "o melhor" porque não sou fundamentalista, muito menos parvo.

Em Trás-os-Montes diz-se que "Deus manda-nos ser bons, mas não nos manda ser parvos"

... e basta de citações

Ite, missa est. Deo gratias, Ámen Ainda me lembro... porque fui católico - mas curei-me...

Qjs

... E novas a respeito do Crónicas das minhas teclas? No site da Bertrand até o podes comprar...

Cristina Torrão disse...

Outro dia, o "Crónicas das minhas teclas" era sugestão de leitura no Delito de Opinião, um dos blogues portugueses mais lidos. Parabéns!

Novas, não tenho. Eu falei com a livreira minha conhecida, aqui em Macedo de Cavaleiros, e deixei-lhe o teu contacto. A encomenda é que já não depende de mim...