Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

02 abril 2015

Os Segredos de Jacinta - Excertos (17)



Surgiu, porém, uma notícia que alvoroçou os barões de Entre Douro e Minho: el-rei D. Afonso conquistara Santarém, nas margens do Tejo, sem convocar a nobreza do Norte! Prescindira dos seus serviços, apresentando-lhes o facto consumado. Preferira o auxílio dos cavaleiros de Coimbra, muitos deles moçárabes, e dos cavaleiros vilãos dos concelhos do Sul, guerreiros sem origem nobre, vistos com muito desdenho pelos fidalgos. Lourenço Viegas Espadeiro (filho do falecido Egas Moniz), Gonçalo Mendes Sousão e Fernão Peres Cativo haviam sido os únicos barões a assistir o monarca naquela campanha.
(…)
- Nessa altura nem nos tínheis encontrado, fomos para o Porto, depois da Páscoa. Meu pai tinha assuntos a tratar com D. Pedro de Pitões e foi lá que recebemos a mensagem de D. Gonçalo. Em nome da amizade que une as nossas famílias, ele solicitou o nosso auxílio para acalmar os ânimos. Meu pai nunca quebrará a amizade que liga os Sousa aos Azevedo, apesar de igualmente haver ficado sentido com a atitude d’el-rei. Por isso, temos acompanhado D. Gonçalo neste seu périplo pela região.
- E tendes sido bem sucedidos?
- Ao tomar conhecimento das novidades que trazemos, os barões logo olvidam rancores.
Jacinta hesitou, mas atreveu-se:
- E que novas são essas?
Bernardo olhou-a entre a diversão e a advertência:
- Sempre me saíste uma curiosa…
- É tão grande segredo?
- Não. Em breve todos saberão que el-rei se prepara para pôr cerco a Lisboa, para expulsar de lá os mouros.
Jacinta abriu muito os olhos:
- A Lisboa?
- Essa mesmo, quatro ou cinco vezes maior do que Coimbra! Haverá riquezas e terras para distribuir.
- Mas almejará D. Afonso conquistar tão grande cidade?
- Com os cruzados, com certeza que sim.
- Cruzados? – A moça ergueu o tronco, de olhos ainda mais escancarados: - Quais cruzados?


2 comentários:

Olinda Melo disse...


Ah, Egas Moniz, de boa memória!

Cara Cristina, desejo-lhe uma excelente Páscoa junto aos seus.

Bj

Olinda

Cristina Torrão disse...

Muito obrigada, Olinda. Uma Páscoa muito Feliz também para si e a sua família :)