Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

30 julho 2015

Sinais de separação


O psicólogo e conselheiro conjugal americano John Gottman tem vindo a estudar, desde há quarenta anos, o comportamento de casais, à procura de sinais que possam indiciar uma separação futura. Desenvolveu um método que, segundo ele, tem mais de 90% de probabilidades de acertar se um casal se irá separar ao fim de quatro a seis anos de casamento. A experiência que acumulou permite-lhe fazer uma previsão, depois de observar um vídeo de cerca de 15 minutos, que mostre cenas em que o casal discuta.

O que parece uma tolice tem a sua razão de ser, torna-se credível, depois de tomarmos conhecimento do seu método. John Gottman diz que é indiferente saber sobre o que o casal discute, importante é analisar o seu comportamento, que capacidade os dois possuem de entender e levar a sério problemas alheios e se há realmente sentimentos positivos entre eles.

O psicólogo aponta concretamente quatro tipos de comportamento de alto risco, a que ele chama «os quatro cavaleiros do apocalipse»:

- Crítica baseada na humilhação e no insulto
- Comportamentos defensivos ou de rejeição, como o típico gesto de desprezo com a mão, o rolar dos olhos, ou vitimizar-se
- Falta de respeito mútuo
- Amuar, deixando de comunicar com o/a parceiro/a durante dias

John Gottman garante que estes quatro tipos de comportamento dão cabo de qualquer relação e propõe soluções.

Pois, já diz o povo: «o respeitinho é muito bonito». E não se esqueçam de que só quem se respeita é capaz de respeitar os outros!

Nota 1: escrevi este post baseada num breve artigo alemão. Mais sobre o tema em The Gottman Institute.

Nota 2: John Gottman escreveu igualmente sobre a arte de educar os filhos, no seu livro Inteligência Emocional. Pode tomar contacto com o tema neste site (em português) ou em The Gottman Institute.


Sem comentários: