Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

17 dezembro 2015

Balanço literário

Não tencionava fazê-lo, mas o Goodreads fê-lo por mim e, já agora, aqui vão alguns factos mais ou menos interessantes:

1 - Li dezanove livros, em 2015, num total de 4.622 páginas - não é muito, mas tenho outras coisas para fazer, inclusive, escrever os meus próprios livros ;-)

2 - Livro mais curto: Um Amor Inventado, de José Cipriano Catarino - 106 páginas

3 - Livro mais longo: Perguntem a Sarah Gross, de João Pinto Coelho - 448 páginas

O Goodreads apresenta um mosaico com as capas dos restantes livros, das quais se destacam duas, pelo tamanho. Não sei qual foi o critério, mas deixou-me satisfeita:

O Rio que corre na Calçada, de João J. A. Madeira

Portugal - a Flor e a Foice, de José Rentes de Carvalho (o único ao qual dei cinco estrelas).


Por respeito aos outros autores, aqui vai a lista completa, por ordem cronológica de leitura:

 O Mistério da Estrada de Sintra, Eça de Queirós
Uma Outra Voz, Gabriela Trindade Ruivo
Moolb, o Reverso, Pedro Sande
O Cavalheiro Inglês, Carla M. Soares
O Meu Irmão, Afonso Reis Cabral
Livro sem Ninguém, Pedro Guilherme Moreira
O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel, Mário de Carvalho
O Futuro é Passado no Presente, Pedro Sande
A minha História com Bob, James Bowen
Sultão - o Burreco que veio de Miranda, Isabel Mateus
A Lenda desconhecida de Francisco Caga-Tacos, João J. A. Madeira
Lessons from a Sheep Dog, Phillip Keller
O Rei do Monte Brasil, Ana Cristina Silva
Índice Médio de Felicidade, David Machado
De Nome Esperança, Margarida Fonseca Santos

2 comentários:

Olinda Melo disse...


Se tivesse que fazer um balanço, não saberia dizer quantos livros li. Fui lendo, sem tomar nota do que li. De vez em quando pensava fazê-lo, mas depois escapava-me essa intenção. Sei que tive altos e baixos. Meses em que li muito e outros em que fui facilitando.Sei também que não li nenhum dos da sua lista. Por isso,tenho aqui um bom incentivo para horas e horas de boa leitura.
Obrigada, Cristina.
Bj
Olinda

Cristina Torrão disse...

De nada, Olinda, eu é que agradeço a visita :)
Beijinho