Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

15 dezembro 2016

Sugestões de Prenda de Natal (4)

E se alguém libertado de Caxias na madrugada de 27 de Abril de 1974 não tivesse ninguém à sua espera?

Foto de Fernando Tavares



«Eu não tinha ninguém à minha espera.
Seria a única? Nunca o averiguei.
À medida que as pessoas se encontravam e iam ficando juntas, crescia o meu isolamento. Dei-me conta da minha solidão. Estivera presa, fora torturada, era agora libertada e ninguém em particular me aguardava em júbilo, recebendo-me e amparando-me no seu calor, no seu amor.
Nem pai, nem mãe.
Ninguém».


Sem comentários: