Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

08 setembro 2011

Uma boa surpresa

"Eu fui um privilegiado na publicação deste livro, tive o caminho aberto para aproveitar tal oportunidade, não tive de fazer um esforço porta-a-porta para mostrar o meu trabalho e fazer vingar o meu valor, como acontece com tanta gente. Com a avalancha de conteúdos que há, muita gente com talento fica fora das atenções e do mercado".

São palavras do autor Pedro Vieira, a propósito do seu livro Última paragem Massamá (Quetzal 2011) numa entrevista que deu à OML de Maio (nº 98) e que eu, por acaso, só agora li.

O Pedro Vieira é um excelente ilustrador, co-apresentador de um programa sobre literatura no Canal Q e tem um blogue, irmaolúcia, que eu gosto de seguir e comentar. Se ele é bom escritor, não sei, não li o livro. Em relação à entrevista que deu à OML, ocorrem-me duas palavras para a caracterizar: lúcida e honesta.

2 comentários:

Daniel Santos disse...

não sei...

manuel gouveia disse...

Parece-me promissor, vou ler a entrevista.