Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

29 abril 2012

Quando a fome aperta...

Não há por aqui peixinhos?

Parece que vi ali qualquer coisa...

Olha, este soube bem!

2 comentários:

Bartolomeu disse...

Para mim, ele considera-se um Adónis canino. Repara na atenção que ele dá à figura reflectida na água...

Cristina Torrão disse...

Bem visto! É uma "ela", não "ele", mas o sentido do teu comentário mantém-se. Acha-se o máximo e tem sempre uma expressão atrevida nos olhos, ao contrário daquele olhar fiel habitual nos da sua espécie. Deve ser do mimo...
;))