Em todos os momentos da História, seja na Antiguidade, na Idade Média, ou no nosso tempo, são as mesmas paixões e os mesmos desígnios que inspiram os humanos. Entender a História é entender melhor a natureza humana.

04 agosto 2017

Juventude preguiçosa e egoísta



Crianças e jovens são, muitas vezes, acusados de serem preguiçosos e egoístas. Na verdade, foi assim que aprenderam a ser. E que podem fazer os pais para evitar isso? Muita coisa!

Os tempos do trabalho infantil já lá vão (pelo menos, no nosso país) e ainda bem. E as crianças têm de brincar, sim. É a brincar que elas testam a sua força, as suas capacidades, o seu carácter, etc. Isto não implica, no entanto, que não possam executar certas tarefas. Especialistas e psicólogos asseguram ser realista e efetivo que as crianças comecem a executar tarefas caseiras, a partir da idade escolar (seis anos), por exemplo, levantar a mesa, preparar o chão do seu quarto para ser aspirado (arrumando os objetos espalhados), ou tratar do lixo (prepará-lo e ir deitá-lo ao contentor ou levá-lo à rua). À medida que forem crescendo, aumenta naturalmente o número de tarefas que podem executar: arrumações em casa, trabalhos de jardinagem, fazer recados, ou mesmo, em idades mais avançadas, tratar de crianças mais novas ou ajudar a tratar e fazer companhia a idosos.

As crianças e jovens aprendem, assim, não só a trabalhar, como a desenvolver empatia e a ser úteis a outras pessoas, o que é muito importante para a sua formação e educação.


Sem comentários: